sábado, 18 de abril de 2009

Lycka: o nascimento do ABBA

Há exatamente 40 anos as bases do que seria o ABBA foram firmadas por dois jovens cantores compositores suecos que tinham a ambição de conquistar o fechado mercado internacional da música, iniciando ao lado de duas cantoras de sucesso da Suécia uma trajetória que culminaria em um grande sucesso mundial que perdura até os dias de hoje e é a segunda banda que mais vendeu discos na história, ficando atrás apenas dos garotos de Liverpool. O álbum Lycka, de Björn Ulvaeus e Benny Andersson, lançado em 1970, contêm a primeira canção com os quatro membros da banda: Hej Gamle Man!. Vamos explorar a fascinante era entre os anos sessenta de Björn e Benny como estrelas pop e as primeiras gravações do ABBA.

O ano de 1969 foi uma virada crucial na saga do ABBA. Esse foi o ano em que Benny Andersson deixou o grupo The Hep Stars, e foi o ano em que The Hootenanny Singers, a banda de Björn Ulvaeus, decidiu parar com as viagens rumo a um futuro previsível, limitando as atividades infreqüentes do grupo ao estúdio de gravação. Foi também o ano em que Björn se envolveu romanticamente com Agnetha Fältskog e Benny noivou com Anni-Frid Lyngstad. Björn e Benny reforçaram a sua parceria no trabalho como compositores e produtores, e solidificaram a sua ligação com Stig Anderson, da gravadora Polar Music, que também contribuiu com muitas letras para suas canções. Em retrospectiva parecia ser o cenário fixado para o ABBA acontecer, quando mais do que nunca os envolvidos se sentiam inclinados. A realidade no momento, no entanto, foi bastante diferente.

Na Suécia, o final dos anos sessenta e início dos anos setenta foi um período difícil para ex-estrelas pop como Benny e Björn. Primeiro, a era do pop inocente desmoronou quando as discotecas se tornaram populares e mataram muitas grandes oportunidades. "Pop" se tornou "rock" e houve uma procura por "mais pesadas" e mais avançadas configurações musicais; também as letras teriam que lidar com questões políticas ou filosóficas se os artistas quisessem ser levados a sério. Para aqueles que queriam dedicar-se à pura diversão ficou difícil: o mercado para o pop-light era limitado, assim o que restou foi o “schlager” (pop) sueco (facilmente ouvido na Europa) e cabaret. Essa foi a forma como a dupla Björn e Benny se mantiveram à tona, ainda que sonhassem com uma carreira internacional pop em inglês. Stig Anderson estava confiante de que seu sonho se tornaria realidade: "Um dia vocês escreverão uma canção que se tornará um sucesso mundial!".

A primeira gravação da dupla em seu projeto juntos foi menos que glamurosa, porém. No outono de 1969, eles compuseram a maior parte das músicas para um não-muito-bom filme pornô-soft sueco, utilizando o título de trabalho Inga II (que era um seguimento do filme igualmente intitulado Inga). Duas das músicas para o filme foram lançadas como single, na primavera de 1970: "She's My Kind Of Girl" (mais tarde incluída na versão internacional do álbum Ring Ring do ABBA) e "Inga Theme". Nenhuma das canções se tornou um sucesso e o filme não entrou em cartaz antes do outono de 1971, momento em que o seu título em inglês foi mudado para "The Seduction Of Inga".

Apesar deste contratempo, foi decidido que Björn e Benny gravariam um álbum inteiro. Já no verão de 1969 se falava em um álbum demo com a finalidade de atrair outros artistas para gravarem as composições de Andersson/Ulvaeus, mas os planos não foram realizados até o ano seguinte. Além disso, foi decidido que fariam um álbum "verdadeiro" para ser lançado comercialmente, mesmo que ainda houvesse a esperança de que fizessem versões cover das músicas depois. O álbum, finalmente intitulado "Lycka", foi gravado entre junho e setembro de 1970, embora em uma entrevista recente Björn Ulvaeus tenha dito que foram gastos apenas cinco dias em estúdio para finalizarem as 11 faixas do álbum. Em termos de estilo, o álbum é bastante eclético: baladas familiares foram seguidas por uma mais ou menos brutal guitarra elétrica baseada no pop (a rochosa "Nånting är på väg", que havia aparecido em uma versão instrumental de The Seduction Of Inga), que por sua vez foi seguida pelo folk-pop e canções "schlager" ousadas. Mas em geral o álbum foi caracterizado por uma espécie de ambição cantor/compositor, como se Björn e Benny quisessem se tornar uma versão sueca de Simon & Garfunkel.

Entretanto, não foi este material, enraizado na revolução da música dos anos sessenta, que daria á dupla seu maior sucesso. Quando a faixa título do álbum, a balada "Lycka" - composta com Stig Anderson com letras sobre a simples e cotidiana felicidade - foi lançada como single, foi a irreverente estilo Salvation Army "Hej Gamle Man!", que se tornou um sucesso. Na importante parada de rádio Svensktoppen (O The Top sueco) foram cinco semanas na primeira posição, e o single alcançou a quinta posição em vendas. Com todas as possibilidades, o sucesso de "Hej Gamle Man!" aconteu em parte pelo fato de Agnetha e Frida aparecerem no apoio vocal. A idéia de uma colaboração entre os quatro havia nascido na primavera de 1970, quando Benny e Frida acompanharam Björn e Agnetha em sua viagem de noivado para Chipre. Durante a viagem eles cantaram juntos e foram atingidos pelo extraordinário som que eles fizeram como um quarteto. Seu primeiro plano foi um “cabaret show” no outono, mas no entanto eles gravaram "Hej Gamle Man!" - a primeira vez em que os quatro apareceram no mesmo disco. "Foi o nascimento do ABBA de certa forma", Frida recordou muitos anos depois. "Eu não acho que teria se tornado um sucesso se Agnetha e eu não estivéssemos nela."

Stig Anderson, sempre diligente em seus esforços para tentar vender a música de Björn e Benny no exterior, conseguiu assegurar uma gravação na Alemanha Ocidental de "Hej Gamle Man!". Gravado em janeiro de 1971, o single "Hey Musikant", apoiado no lado B por "Was die Liebe Sagt" (uma tradução de "‘Livet går sin gång"), não se tornou um sucesso apesar de tudo. Lycka também não teve muito sucesso como um álbum demo para outros artistas. A maioria das versões cover que foram gravadas tinha uma forte ligação com Benny, Björn e Stig. Por exemplo, a cantora Lena Andersson, também da Polar, gravou uma versão em inglês da balada "Livet går sin gång", intitulada "Language Of Love" (foi dito que a cantora francesa Françoise Hardy também gravaria uma versão, mas parece que essa gravação não existe), enquanto seus colegas Svenne & Lotta lançaram uma versão em inglês de "Kara Gamla sol", intitulada "Roly-Poly-Girl" em um álbum em 1975. Frida fez uma versão altamente impressionante de "Lycka" no seu álbum de estréia produzido por Benny, "Frida", lançado em 1971.

O “cabaret show” uniu os dois noivos casais sob o nome Festfolk estreando em Gotemburgo em 1º de novembro de 1970, mas infelizmente tornou-se um grande fiasco. Especialmente, um dos poucos números que evocam lembranças nos membros do ABBA hoje é "'Hej Gamle Man!", que apareceu no show com letra alternativa, intitulada "Tyck om varann". Mas embora isto houvesse reforçado a determinação de continuar a trabalhar como um quarteto, a subsequente turnê com o show não foi uma experiência agradável e efetivamente matou esses planos. Entretanto, porém, todos eles contribuíram nas gravações que foram lançadas como solos ou em dupla, quer como produtores, músicos, cantores de apoio ou compositores. Um exemplo deste tipo de colaboração foi o próximo single de Björn e Benny, "Det kan ingen doktor hjälpa", que novamente trouxe apoios vocais de Agnetha e Frida, assim como seu lado B "På bröllop", embora nenhuma destas canções tenha se tornado um sucesso particularmente.

Benny e Björn tiveram mais sorte com o seu próximo single, a balada "Tänk om jorden vore ung" - também com Agnetha e Frida nos apoios vocais - que passou duas semanas no topo na Svensktoppen em dezembro de 1971. A canção é notável por ser uma das poucas na história da música que inclui partes vocais solo de Benny. Ele também é destaque no álbum Lycka em "Kära gamla sol" e fez vocais solo no single "En karusell" de 1972. Seu último número solo até o ABBA foi "Suzy-Hang-Around" em 1974 no álbum Waterloo (também há um breve solo vocal no trecho de "Here Comes Rubie Jamie”, incluído na faixa "ABBA undeleted" dos boxes "Thank You For The Music" e "The Complete Studio Recordings"). O lado B de "Tänk om jorden vore ung" foi intitulado "Träskofolket", inspirado pela mesma série sueca de romances "Emigrante" que resultou no musical de sucesso de Andersson/Ulvaeus "Kristina från Duvemåla", mais de duas décadas depois.

O ano de 1971 viu Björn e Benny gravarem faixas para o seu segundo álbum, embora as sessões tivessem que ser espremidas entre outros compromissos. Em julho de 1971 o sócio de Stig Anderson na Polar Music, o produtor musical Bengt Bernhag, morreu, o que levou Benny e Björn a se empregaram como produtores da casa na gravadora. Entretanto, o sonho de levar a sua música para além das fronteiras da Suécia permanecia vivo. Na época, os negócios da música internacional não levavam a música sueca a sério, o que significava que esta seria uma tarefa ingrata. No entanto, Stig Anderson tinha um plano alternativo: se eles pudessem entrar com apenas uma canção no Eurovision Song Contest, eles escapariam das céticas gravadoras estrangeiras e seriam capazes de atingir diretamente 500 milhões de telespectadores com um sucesso cativante. Esta seria o porta de entrada que eles precisavam, ele fundamentava. Entrentanto, até então a equipe Andersson/Anderson/Ulvaeus ainda não havia conseguido entrar na seleção sueca para o concurso. Por exemplo, 'Det kan ingen doktor hjälpa' foi rejeitada para o concurso de 1971. Em 1972 eles foram mais felizes: Lena Andersson apresentou 'Säg det med en sång", e embora não tenha vencido a seleção, tornou-se um enorme sucesso na Suécia. O trio focaria sua meta em 1973.

Ao mesmo tempo, a dupla Björn e Benny alcançou sucesso inesperado em outra parte do mundo. O decepcionante single "She's My Kind Of Girl" captou a atenção de uma gravadora japonesa, que sentiu que o tom melancólico da canção seria perfeita para o seu país. Lançado no Japão em Fevereiro de 1972, o single se tornou um grande sucesso, alcançando a sétima posição na parada de vendas com aproximadamente 190.000 cópias vendidas - em um mercado tradicionalmente dominado por astros locais. Naturalmente, os japoneses desejavam uma continuação. 1972 foi um ano excitante na jornada de Björn e Benny rumo a uma carreira pop internacional: uma cadeia de acontecimentos muitas vezes confusos com muitos desenvolvimentos paralelos.

Talvez inspirados pelo sucesso japonês, Benny e Björn tiveram a idéia de gravar uma música pop em inglês juntamente com Agnetha e Frida. Em 29 de março de 1972, o quarteto entrou no estúdio Metronome em Estocolmo para gravar duas músicas: "Merry-Go-Round" e "People Need Love". A primeira foi produzida principalmente visando o mercado japonês, o que fica bastante evidente na sonoridade oriental em sua introdução. Entretanto, "People Need Love" foi infinitamente mais importante em termos de história do ABBA. Não foi apenas o primeiro single onde os vocais masculinos e femininos foram igualmente destacados, mas foi também o primeiro a ser creditado a todos os quatro membros, lançado sob o nome do grupo "Björn e Benny, Agnetha e Anni-Frid". A primeira verdadeira gravação do ABBA havia sido feita. Na Suécia, o lado B do single "People Need Love"" foi "Merry-Go-Round".

No Japão, "Merry-Go-Round" apareceu como lado A, mas creditada a Björn e Benny apenas. Além disso, era uma mixagem da música diferente da lançada pelo ABBA. O lado B do single japonês foi "Tänk om jorden vore ung", em sueco. No entanto, quando o single foi lançado, houve uma pequena confusão: o lado A adquiriu o "sueco-inglês" título "En carousel", enquanto o lado B foi rotulado como outra canção: "Lycka"! Para confundir ainda mais, na Suécia, "Merry-Go-Round" foi lançada como se fosse a versão sueca do single de Björn e Benny "En karusell”. Entretanto, o lado B, "Att finnas till", na verdade se tornou o maior sucesso.

"Merry-Go-Round" não repetiu o sucesso de "She's My Kind Of Girl" no Japão. Por isso, a gravadora japonesa achou que eles deviam contribuir com uma melodia própria do Japão para gravar, algo que estivesse mais próximo do tom melancólico de "She's My Kind Of Girl". A composição das letras foi confiada a Björn e Benny, embora com a instrução de que o tema deveria ser "amor perdido". No final de Agosto de 1972, a dupla gravou seu último single japonês: "Love Has It's Ways". O lado B foi "Rock'n Roll Band", que ganharia depois apoios vocais de Frida e Agnetha e incluída no primeiro álbum do ABBA, Ring Ring.

"Love Has It's Ways" não se tornou um grande sucesso, porém. Após uma visita em novembro para um festival musical em Tóquio, juntamente com Agnetha e Frida, as aventuras japonesas de Björn e Benny chegaram ao fim. Entretano isso não importava muito a aquela altura dos acontecimentos, já que a dupla tinha outros projetos de trabalho. "People Need Love" teve um sucesso bastante impressionante na Suécia - foi a primeira vez em vários anos que Benny e Björn alcançaram um verdadeiro sucesso pop - e por isso foi decidido na Polar que a constelação de Björn e Benny, Agnetha e Frida iria gravar um álbum inteiro juntos. As sessões começaram no outono de 1972 (o que também significa que o segundo álbum de Björn e Benny foi cancelado). Por volta da mesma época, Björn, Benny e Stig foram convidados a apresentar uma contribuição para a seleção sueca do Eurovision Song Contest de 1973. O grupo concorreu com "Ring Ring" em Fevereiro de 1973 e lançou seu álbum de estréia no mês seguinte, o que significava que a história do ABBA havia começado de verdade - mas aqui é onde a nossa história toma uma direção não diretamente ligada á dupla Björn e Benny.

Embora junho de 2006 tenha marcado o 40º aniversário do primeiro encontro de Benny Andersson e Björn Ulvaeus e posterior esforço como compositores, e sua parceria é o principal agente de tudo o que fizeram musicalmente desde então, a gravação em dupla Björn e Benny deixou de existir em 1972. Entretanto, a versão remasterizada do CD Lycka trouxe uma faixa bônus inédita, que provavelmente foi gravada em meados dos anos setenta. Pouco tempo após o lançamento do álbum original, os direitos da letra em inglês da faixa título foram adquiridos por Ernie Sheldon, intitulada "To Live With You", embora pareça que a música nunca foi lançada com esta letras. Por razões que não são claras hoje - talvez houvesse um pensamento de que o ABBA poderia gravar a canção, ou talvez algum editor estrangeiro quisesse ouvir a música - a dupla Björn e Benny foi temporariamente ressuscitada em meados da década de setenta para gravar uma simples faixa demo com as letras em inglês. Esta faixa demo de "To Live With You" foi então lançada em 2006 pela primeira vez.

Fonte: abbasite.com

1 comments:

marinagregolin disse...

olá..
estou sempre ligada no blog..
parabéns pelo ótimo trab..
baixando vídeos do abba no youtube, descobri dois clipes em que a Agnetha não participa, e sim outra loira..
te mando o link de um deles pra vc analisar e me responder se sabe o motivo..
mt obrigada..

http://www.youtube.com/watch?v=pmw9NHvzS_Q

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...