quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Adeus ano velho... Happy new year!

Com o final do ano se aproximando e a volta dos discos de vinil cada vez mais em alta, foram lançadas 500 cópias do compacto Happy New Year em vinil, como não podia deixar de ser. A edição especial e limitada foi anunciada pelo site oficial do ABBA no final de novembro e rapidinho esgotou.


Os fãs do quarteto, sempre ávidos por novidades, não perderam tempo. Apesar de não ser uma 'novidade' propriamente dita, o fato de ser uma edição limitada em vinil fez desse compacto um disputado item de colecionador. Infelizmente, um privilégio exclusivo dos Europeus, já que esse tipo de material passa longe do Brasil. No lado B foi incluída The Way Old Friends Do. As duas faixas, lançadas pela primeira vez no álbum Super Trouper, de 1980, permanecem como duas das favoritas dos fãs, entre as canções do ABBA menos conhecidas do grande público.

Poucos sabem, mas Happy New Year foi originalmente pensada como parte de um musical. Durante vários anos Benny e Björn nutriram o sonho de expandirem seus talentos para o mundo dos musicais. Queriam ultrapassar o limite do album pop convencional - contendo normalmente 10 canções - para criar uma peça musical com uma boa trama, onde pudessem exercitar mais a criatividade.

Em 1980 os dois compositores do ABBA viajarm para Barbados, em busca de inspiração para comporem faixas para o álbum Super Trouper, ainda sem nome e que seria lançado naquele mesmo ano. No avião, tiveram a idéia de escrever um musical que se passaria na véspera do Ano Novo. “Achamos que seria uma boa estrutura: algumas pessoas em uma sala, relembrando o que havia passado, pensando no futuro, esse tipo de coisa”, recorda Benny.

O ator inglês John Cleese
Em Barbados, encontraram por acaso o ator inglês John Cleese (famoso pela série de comédia britânica Monty Python’s Flying Circus) e sugeriram a ele que escrevesse a história para o musical. Infelizmente, Cleese não se mostrou muito interessado e o que permaneceu da idéia original foi a inspiração para uma canção cujo tema era o Ano Novo: Happy New Year. Por muitos anos, uma performance do ABBA feita especialmente para a televisão sueca foi exibida na noite de réveillon, na Suécia. 

Lasse Hallström, que dirigiu praticamente todos os clipes do ABBA, tinha o dom da improvisação e da inovação. Sua criatividade produzia resultados muito interessantes. Para o vídeo de Happy New Year, por exemplo, ele utilizou seu próprio apartamento como cenário, intercalado com imagens feitas na mesma ocasião em que outro clipe (Super Trouper) foi filmado.

Apesar de não ter sido lançada em compacto naquela época, aqui no Brasil a música foi lançada em um compacto duplo pela RCA, contendo também The Winner Takes It All, Super Trouper e Andante, Andante. Ou seja, nós também tivemos nossa "edição especial", só que em 1981...


A verdade é que com ou sem edição especial, o que fica de Happy New Year para os fãs do ABBA do mundo todo é a bela mensagem da canção, composta há mais de 30 anos e até hoje lembrada como um hino à esperança de um mundo melhor.

1 comments:

Anônimo disse...

adorei saber que lançaram um disco de vinil,o problema e achar o rdio para tocar !!!!!!!!!!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...