sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Agnetha e Frida: "Por causa do ABBA nossos casamentos fracassaram"



São dez anos de ABBA, algo para comemorar? Björn, Frida, Agnetha e Benny têm suas dúvidas sobre isso. Eles não apenas olham para trás e vêem grandes sucessos, fama enorme e prosperidade financeira... O ABBA destruiu suas vidas privadas também. O quarteto, uma vez constituído de dois casais próximos, tem lembranças de tristeza e solidão também. O ABBA tem sido acompanhado por dez anos! Então parece que há motivo suficiente para os membros do grupo terem uma celebração. Mas será que Agnetha, Frida, Björn e Benny irão realmente fazer isso? Em uma entrevista exclusiva para a Story, Agnetha e Frida revelam como o ABBA destruiu suas vidas privadas...

É incrível como as coisas podem mudar em dez anos! Em 1972, Agnetha Fältskog, Frida Lyngstad, Björn Ulvaeus e Benny Andersson gravaram sua primeira canção. E nenhum dos quatro se atreveu a sonhar que seriam famosos em todo o mundo alguns anos mais tarde, como o grupo ABBA. Essa primeira gravação, chamada "People Need Love", se aplicava muito bem ao quarteto. Na época, Björn estava loucamente apaixonado por Agnetha e Benny não podia manter seus olhos longe de Frida. E o sonho deles era que os quatro fossem felizes e famosos. E esse sonho se tornou realidade, porque em 1974 o jovem grupo ABBA venceu o Eurovision Song Contest com a canção "Waterloo". E a partir daquele momento eles marcaram sucesso após sucesso. Nesse ínterim, Björn e Agnetha haviam se casado e Frida e Benny haviam atado o laço também. "Nós quatro estamos extremamente felizes em nosso trabalho, bem como em nossas vidas privadas, isto às vezes é assustador", foi o que Agnetha disse uma vez a um jornalista. Sua felicidade parecia infinita. Björn e Agnetha tiveram dois filhos juntos, Linda e Christian. E Benny e Annifrid construíram uma família feliz com Hans e Liselotte, os filhos do primeiro casamento de Frida.

Mas isto de repente começou a dar errado! Enormes problemas começaram a surgir para Agnetha e Björn. "Björn estava completamente absorvido pela música, ele quase não me dava mais atenção", Agnetha diz agora, três anos após o divórcio. "Caracteristicamente, sou do tipo de pessoa muito caseira e não posso imaginar nada mais maravilhoso do que sentar no sofá com o meu marido e ver um bom filme na televisão. Quando nós éramos apenas casados, Björn pensava da mesma forma. Mas quando o ABBA foi ficando cada vez melhor, nosso relacionamento foi piorando. No final, nós nos víamos apenas no estúdio de gravação. Eu fui ficando cada vez mais deprimida e afinal eu via um psiquiatra quase todos os dias. Juntamente com ele cheguei à conclusão de que eu tinha que terminar meu casamento com Björn o mais rápido possível, antes que enlouquecesse. Björn não ficou surpreso de todo quando eu lhe disse que queria o divórcio. Ele havia percebido o começo disso, mas ele não sabia como salvar nosso casamento. Para Björn, seu trabalho vinha sempre em primeiro lugar."

E como se as lágrimas não houvessem sido suficientes, algum tempo depois disso o casamento de Frida e Benny acabou também. "Nós tivemos alguns problemas por um tempo", explica Frida honestamente. "Mas no começo nós não os enfrentamos, simplesmente os ignoramos. Você pode permanecer assim por um tempo, mas chega o momento em que você tem que fazer algo. Com o tempo, Benny e eu tínhamos uma vida própria e só voltávamos para casa para dormir. Algum tempo depois, descobri que Benny tinha um caso com a apresentadora de TV de 37 anos Mona Nörklit e a partir daí ele não voltou para casa de jeito nenhum. Bem, então por que permanecer casados? Não é muito melhor para os dois começar tudo de novo? Desde esse tempo, eu sinto que é um alívio estar sozinha novamente. Meus dois filhos são independentes. Hans tem 19 anos e fez da música sua profissão também. E Liselotte, de 15 anos, está estudando na América. Eu finalmente tenho tempo para mim. Eu amo isto! Eu viajo muito e, como vocês sabem, gravei um álbum solo. O que mais eu poderia querer?!"

Björn e Benny se dizem muito felizes em suas vidas privadas também. Ambos estão casados e foram pais mais uma vez recentemente. Um orgulhoso Benny percorre os escritórios do ABBA com o filho Ludwig de nove meses, mas quando o nosso fotógrafo quer tirar uma foto ele diz com firmeza: "Sem fotos, por favor. Eu quero manter minha vida privada fora da mídia, tanto quanto possível."

Mas Agnetha quer compartilhar algo sobre seus filhos. "Eu prometi a mim mesma que passaria todo o meu tempo livre com Linda e Christian a partir de agora", ela diz decisivamente. "No passado, eu tive que deixar muito sua educação com a babá. Isso não vai acontecer mais. Eles precisam de sua mãe. Eu não quero mais fazer nenhuma turnê também, que me leve para longe de casa por muito tempo. Eu teria a sensação de que estou descuidando deles e definitivamente não quero isso. Eu levei Linda comigo uma vez para a América, mas nós duas não apoveitamos. Quando estou em casa com Linda e Christian, eu estou perfeitamente feliz, então eu quero que continue assim."

Assim parece que o conto de fadas do ABBA terá um final feliz depois de tudo...

( Publicado na revista Story, em dezembro de 1982)

12 comments:

Fernando disse...

Valeu pelo achado, bela matéria, realmente deve ser muito difícil conciliar vida pessoal com a profissional, ainda mais o Abba que eram gigantes na época, a vida deles devia ser extremamente atribulada.

Gabriela disse...

Ai amo essa banda! Tenho apenas 14 anos! Mas já os aprecio muito. Um grande sucesso mundial, que contagiou! Sou fã!

Anônimo disse...

teho studio convivo com a musica mais estes ai abba sao eternos professores e tento fazer o que eles faziam aproximo muito da diferenca
sao anjos de Deus cantando eu os vejo assim
um abraco batistastudio@hotmail.com
uberlandia minas gerais

Anônimo disse...

Amei encontrar esse site, que belas notícias. Sou fá do ABBA desde que eles iniciaram e a minha vida também me distanciou das músicas e bandas que amo e que a alguns anos estou resgatando; hoje são tantos os recursos para termos as letras e traduções. na década de 70, era uma trabalheira, coloca-las no caderninho, manuscrito ou datilografado.

Anônimo disse...

ABBA fez e faz parte da minha vida
vivi os anos 60 e 70 por isso posso dizer c/ clareza que ABBA foi e sempre será a melhor banda
de todos os tempos

Maluvespasiano disse...

Abba também fez parte da trilha sonora de minha vida. Agradeço por ter vivido esta época tão maravilhosa e deslumbrante que revolucionou a história da música no mundo.
Saúde e vida longa ao ABBA!!!!!!!!!!

cicera katia disse...

O ABBA e o grupo que mais amo na vida eu respiro ABBA,eu vivo ABBA eu amo de mais esse grupo!E um amor incondicional e perfeito o ABBA e a minha vida não vivo sem ouvir ou vê-los todos os dias AMO O ABBA AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

eu amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amo amoa moa moa o abba de mais

Anônimo disse...

o abba e o melhor

AERONAVE ENCONTRADA disse...

EPOCA QUE A MUSICA ERA MUSICA BONS TEMPOS E COMO AS AGUAS TUDO PASSA E PODERA VOLTAR DE OUTRAS FORMAS VIVA QUEM VIVEU ESSA PASSAGEM FORAM MENSAGEIROS DE JESUS E O POVAO CURTIU UM ABRAÇAO

AERONAVE ENCONTRADA disse...

todo mundo que viveu nesta epoca sao felizes e tem bom gosto musical recomendo abba pra quem tem ouvidos de ouro

AERONAVE ENCONTRADA disse...

recomendo as musicas do abba pra quem tem ouvidos de ouro um abraço batista

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...